O cuidado de crianças com doenças críticas é complexo, centrado no equilíbrio entre humanização e uso de novas tecnologias. Este é o foco do 1º Curso de Atualização em Terapia Intensiva Pediátrica do Complexo Estadual de Saúde da Penha. O curso, ministrado no dia 15 de setembro pelo Dr. Daniel Hilário, Coordenador Médico do CTI Pediátrico do Hospital Estadual Getúlio Vargas, tem aspecto multiprofissional e, como objetivos, reconhecer, diagnosticar, conduzir e tratar as principais patologias presentes no ambiente da UTI pediátrica, e fornece novos conhecimentos a médicos, a fim de torná-los referências em suas áreas de atuação. Faz parte do conteúdo conceitos, discussão de casos clínicos e medicina baseada em evidências. Participaram 20 profissionais dos setores CTI Pediátrico, Emergência Pediátrica e Enfermaria Pediátrica do HEGV.

A Terapia Intensiva Pediátrica é uma subespecialidade médica das mais complexas, pois envolve conhecimentos avançados e integrados na área de Terapia Intensiva, associados aos conhecimentos de Pediatria Geral e às várias subespecialidades Pediátricas.

A área requer profissionais altamente capacitados em atuação nas principais emergências pediátricas, com preceitos técnicos atualizados, mantendo conhecimento sobre áreas intrinsecamente relacionadas, como bioética, gestão hospitalar, qualidade, capacidade de negociação, cuidado humanizado e centrado no paciente.

O aprendizado é contínuo no Complexo Estadual de Saúde da Penha. Uma variada e importante grade de treinamentos é oferecida pelo Instituto Solidário e Direção do Hospital Estadual Getúlio Vargas e UPA Penha 24h para os profissionais das Unidades de saúde.